Fisioterapia na DTM (Disfunção Têmporo Mandibular)

em Setembro/2016

A disfunção temporomandibular (DTM) acomete os músculos da mastigação, a articulação temporomandibular (ATM) e as estruturas relacionadas, alterando a realização de funções essenciais como mastigar alimentos e falar adequadamente.

Além do quadro álgico de longa duração, os pacientes podem apresentar sintomas diversificados como fadiga, sensibilidade na musculatura mastigatória, ruídos e limitação de movimento, que dificultam o diagnóstico e tratamento. O tratamento fisioterapêutico proporciona um alívio das condições sintomatológicas do paciente, buscando restabelecer a função normal do aparelho mastigatório e minimizando os sintomas tais como dores e estalidos em região da articulação têmporo mandibular.

No tratamento são utilizados recursos eletroterapêuticos, cinesioterapia, técnicas de liberação miofacial, mobilização e manipulação articular.